A Febre dos Fotoclubes – 02.01.2009
fotografar-e-precisoMuitos usam a fotografia como trabalho, outros, fazem desta atividade um ato para aliviar o estresse urbano ou hobby.

Para os amantes desta arte é que foram criados os Fotoclubes, associações sem fins lucrativos que envolvem amadores e profissionais a fim de discutir teorias e achar soluções práticas.

Os primeiro fotoclube brasileiro, que se tem notícia, foi criado em 1918 por imigrantes alemães em Proto Alegre e levava o nome de Photo Club Hélios.

Na década de 70, o movimento, que havia crescido fortemente, sofreu com as crises econômicas que tornaram a fotografia uma atividade cara, fazendo com que muitas associações tivessem suas portas fechadas.

Com a revolução tecnológica e o surgimento da fotografia digital, os ânimos foram renovados, aconteceu uma explosão de fotógrafos e os fotoclubes que estavam extintos voltaram além da criação de novos.

Hoje, o território nacional conta com mais de 50 fotoclubes filiados a Confederação Brasileira de Fotografia. Para mais informações, dicas, conferir a listagem e formação de novos fotoclubes, é só acessar o site: www.confoto.art.br.

Matéria desenvolvida para o site www.montte.com.br