Arquivos para o mês de: julho, 2007

Posters oficiais das Olimpíadas de 1896 a 2012
olympics-tn.jpg

Olimpíadas sempre foram, para mim, o maior evento esportivo. Alías, não somente para mim, já que realmente o é. Diferente da Copa do Mundo de Futebol, as Olimpíadas agregam dezenas de modalidades esportivas, de natação à esgrima, de futebol à hipismo, de tiro à vela, etc.

Apesar de uma vaga lembrança de Seul ‘88, a primeira olimpíada de que tenho realmente lembrança é a de Barcelona 1992. Com 12 anos, muito provavelmente tomei conhecimento dela através do jogo Barcelona 92′, do Mega Drive. Pouco depois me lembro demais de uma campanha publiciária, acho que da Caixa, onde apareciam crianças jogam basquete, volei e outras modalides – quando aparecia um adulto e comentava algo do tipo: “Ah, está brincando aí?“. A criança respondia: “Brincando nada, treinando para as olimpíadas do ano 2000“. E eu treinei muito e com afinco para estar nela. Claro que aquele ano que parecia tão distante chegou, e eu não fui convocado. O tempo passa.

Consegui todos os posters de todas as olimpíadas realizadas até hoje. Desde 1896, não tivemos olimpíadas nos anos de 1916, 1940 e 1944, devido às Grandes Guerras Mundiais.

Fonte: Casa do Galo
Para conferir os posters e os comentários sobre os detalhes de cada um é só acessar http://casadogalo.com/posters-oficiais-das-olimpiadas-de-1896-a-2012/

Anúncios

Faço questão de ver portfólios de quem está comecando em publicidade. Porque também já fui iniciante e um dia alguém teve saco para me atender. Tenho essa dívida com a profissão.

Mas nesses anos todos já entrevistei todo tipo de maluco, de megalomaníaco, de desavisado, e posso garantir uma coisa: não é mole. Alguns candidatos se mostram tão perdidos quanto o tempo que a gente dedica a eles.

Só que de vez em quando aparece um talento real que faz todo o esforço valer a pena.

E foi assim, analisando centenas de portfolios, em horários que muitos workaholics já estão de pijaminha, que percebi como os candidatos a estágio cometem erros bobos e desnecessários.

Não é culpa deles. Publicidade é uma profissão diferente, que não se encaixa nas regras comuns do “como começar”. Tem seus próprios macetes. Este Manual do Estagiário foi feito para ajudar quem está iniciando nessa área tão competitiva. É também, confesso, uma tentativa de melhorar os meus finais de expediente.

O Manual do Estagiário não tem a pretensão de ser um curso de redação, direção de arte ou coisa parecida. É apenas um pequeno guia de etiqueta. Como se comportar à mesa – principalmente à mesa do Diretor de Criação.

Não tentei esgotar o assunto. Foi o que deu para escrever entre uma campanha e outra. Se você tiver dúvidas, críticas ou sugestões, mande seu e-mail para mim.

São apenas opiniões. Por favor, não acredite cegamente. Não leve ao pé da letra. Não transforme em dogmas. Existe a real possibilidade de que eu esteja enganado. Eu nunca fiz estágio.

Eugênio Mohallem, 1997.

Manual: Manual do Estagiário

Fonte: Clube de Criação de SP

Podem chamar de poluição visual, de bombardeamento de idéias, como quiserem.
O fato é que a agência Famiglia, criou uma propaganda impactante e reflexiva mostrando seu ponto de vista com relação a discussão sobre a quantidade de outdoors existentes em São Paulo. Confira.

Foto: http://www.fotolog.com/publicidade/21817900